Professor Kal Prado recebe homenagem de André Carvalho na Câmara Municipal em Vitória de Santo Antão

IMG André Carvalho entrega comenda à professor de curso de redação Kal Prado em Vitória de Santo Antão

compartilhe

IMG entrega de comenda à professor do curso de redação Kal Prado em Vitória de Santo Antão

Kal Prado recebeu um título de comenda nessa sexta-feira dia 13/04 por André Carvalho. O pré-candidato à prefeito atendeu à um pedido  dos próprios alunos, que manifestaram o desejo de reconhecer a relevância do professor. A ideia foi colocada em votação na Câmara Municipal e logo aprovada por todos os vereadores.

A sessão solene aconteceu na Câmara Municipal de Vereadores com início às 19:00 horas. Entre os convidados, amigos, familiares e ex-alunos prestaram homenagens relembrando a trajetória do professor de redação.

IMG entrega de comenda à professor do curso de redação Kal Prado em Vitória de Santo Antão

Ainda no evento, foi exibido um documentário biográfico sobre a vida e trabalho do professor. Visivelmente tocado, ele reagiu aos depoimentos e histórias contadas pelos ex-alunos.

img-andre-carvalho-assiste-homenagem-a-professor-do-curso-de-redacao-kal-prado-na-entrega-da-comenda-em-vitoria-de-santo-antao

A cantora e compositora Joyce Allane aceitou o convite para dar um depoimento relembrando alguns momentos enquanto ex-aluna.

Ela contou, através de vídeo, que se hoje chegou onde está, parte disso foi do incentivo e apoio que o professor sempre teve com ela.

“Eu posso dizer sem medo que o professor foi importantíssimo pra existência da minha carreira. Eu cresci em Bonança, distrito de Moreno. Mas estudei minha vida toda em Vitória, essa cidade que eu considero com tanto carinho.

No ensino médio ele começou a me ensinar, foi quando ele abriu o curso dele de redação. Nos primeiros anos eu fiz parte…

Desde o começo, Kal percebeu que eu tendia pra música e sempre me incentivou. Eu lembro que, no último ano do ensino médio, teve uma gincana onde ele me colocou pra cantar.

Eu fiquei muito nervosa e não consegui me apresentar. Mas ele mesmo assim não desistiu de mim. Me chamava nas aulas, nas outras turmas… Ele sempre misturava músicas na didática dele.

Tempo depois, comecei a trabalhar com música e ele sempre continuou torcendo muito por mim. Mesmo a gente não estando perto fisicamente, mas eu sinto a torcida dele. Eu poderia nunca mais ter pisado num palco, se não fosse ele insistindo”.

IMG homenagem de alunos na entrega da comenda à professor de curso de redação Kal Prado em Vitória de Santo Antão

Agradecimentos

Depois de todas as falas e depoimentos em sua homenagem, o professor fez um agradecimento à todo o carinho que recebeu nesse dia: “Receber a comenda que faz referência ao Osman Lins, ilustre escritor do nosso município, que é reconhecido nacionalmente pela qualidade de suas obras, muito me orgulha.

IMG homenagem de alunos na entrega da comenda à professor de curso de redação Kal Prado em Vitória de Santo Antão

Ter o meu trabalho, como professor, chancelado pela comunidade vitoriense é algo muito gratificante e especial.  Ao ver esses depoimentos, me lembrei de alguns episódios da minha vida, tanto os felizes quanto os tristes.

Não quero romantizar os momentos difíceis que vivi, mas hoje tenho ciência de que eles também me ajudaram a chegar até aqui.

IMG homenagem de alunos na entrega da comenda à professor de curso de redação Kal Prado em Vitória de Santo Antão

Quero agradecer a todos os professores que passaram pela minha vida, principalmente aqueles que me inspiraram a seguir o mesmo ofício.

IMG entrega de comenda à professor do curso de redação Kal Prado em Vitória de Santo Antão

Tantos anos de sala de aula, apesar de todas as dificuldades, continuo acreditando que a educação é a melhor ferramenta que temos para transformar positivamente o mundo.

IMG entrega de comenda à professor do curso de redação Kal Prado em Vitória de Santo Antão

Depois de anos trabalhando na educação, tenho muita satisfação em saber que contribui para a formação cidadã de diversos profissionais, que hoje atuam com excelência em nossa cidade e em outras regiões.

IMG entrega de comenda à professor do curso de redação Kal Prado em Vitória de Santo Antão

Preciso reconhecer que nunca estive sozinho nesse trabalho de educar. Quero agradecer a todos os monitores e corretores de redação que trabalham comigo atualmente, como também aos de épocas anteriores.

IMG entrega de comenda à professor do curso de redação Kal Prado em Vitória de Santo Antão

Agradeço a todos por me ajudarem a construir a história do curso de redação Kal Prado. Não posso me esquecer dos demais colaboradores. Afinal, para uma escola funcionar bem, todos os integrantes são importantes, da área da limpeza à recepção.

Quero agradecer a todos os alunos e alunas que me inspiraram e inspiram a sempre a buscar a minha melhor versão como professor. O João Victor é um exemplo disso.

IMG entrega de comenda à professor do curso de redação Kal Prado em Vitória de Santo Antão

Ainda sobre os alunos e alunas que me inspiram a ser melhor, não posso deixar de mencionar a Lycia Sá e o Jhonne Araújo.

Muito obrigado por toda a dedicação que vocês tiveram para realizar essa homenagem. Tenham a certeza de que nunca irei esquecer as emoções que vivi nesta noite. Mais uma vez, muito obrigado!

IMG André Carvalho entrega comenda à professor de curso de redação Kal Prado em Vitória de Santo Antão

Agradeço também ao vereador André Carvalho por ter contribuído para que essa homenagem se realizasse. Parabéns também pelo trabalho prestado à nossa comunidade.

Ainda, quero agradecer a toda a minha família. Inicio agradecendo ao meu irmão, o Ronaldo, por todas as aventuras vividas na nossa infância, que são, sem dúvida, inesquecíveis.

IMG homenagem da mãe de Kal Prado na entrega da comenda ao professor de curso de redação em Vitória de Santo Antão

Quero agradecer principalmente à minha mãe, a dona Adeilda, por todo esforço que teve para nos criar com dignidade. Mãe, obrigado por tudo.

Estamos passando por uma fase difícil no momento, mas tenho a esperança de que tudo vai ficar bem. Desejo muita saúde para a senhora e uma vida longa repleta de alegrias.

IMG entrega de comenda à professor do curso de redação Kal Prado em Vitória de Santo Antão

Também, não posso deixar de agradecer ao meu melhor amigo, o Luiz Henrique, companheiro de todas as horas. A pessoa mais compreensível que conheci. Enfim, obrigado a todos e todas por esse belo presente de aniversário!”.

O atual pré-candidato à prefeito de Vitória de Santo Antão comentou que a comenda Osman Lins é entregue as pessoas que não são da cidade, mas prestaram serviços e merecem ser chamadas de vitoriense  pelo trabalho realizado e tempo que está na cidade.

Além dessa comenda que tem o objetivo de reconhecer o destaque de figuras importantes na cultura e educação da cidade, temos, também, a comenda Mariana Amália.

IMG André Carvalho entrega comenda à professor de curso de redação Kal Prado em Vitória de Santo Antão

Kal Prado, história e biografia

Kal Andeson Aniceto Gomes do Prado, nasceu no Pronto Socorro em Vitória de Santo
Antão, Pernambuco, em 11 de abril de 1983. Desde cedo, mostrou-se destinado a deixar uma
marca indelével no campo da educação e da produção literária.

Filho de Adeílda Gomes Barbosa e José Ronaldo do Prado, e irmão mais novo de José Ronaldo do Prado Filho, sua trajetória de vida é marcada por uma resiliência notável e uma busca incansável por conhecimento.

Durante sua infância, residindo no município de Pombos, Kal foi confrontado com
desafios financeiros que o levaram a trabalhar desde tenra idade, como exemplo, em troca de
palmas de banana ele puxava carrinho de mão de seus familiares, e dessa forma auxiliava sua mãe,
que trabalhava como costureira em Vitória de Santo Antão e região.

A despeito das adversidades, sua paixão pelo saber nunca arrefeceu, foi estudante da escola 11 de dezembro em pombos, porém antes da conclusão do ensino médio sua mãe mudou-se para São Paulo após o divórcio
do seu pai, buscando melhores oportunidades financeiras.

Nessa época Kal ficou sob a guarda da tia Lenilda Gomes dos Santos, somente depois de
6 meses sua mãe consegue dinheiro suficiente para levar seu irmão mais velho e em seguida Kal
com um 1 ano até o seio familiar, agora composto apenas por ela, e seus dois filhos, é em São
Paulo onde a família recomeça financeiramente, ali ele conclui o ensino médio no colégio
Cardim na rede pública paulista no ano de 2001.

Vida profissional

Uma vez formado, Kal buscou curso técnico em computação, mas a sua inclinação para
o campo das letras o conduziu a uma espera de três anos em virtude da falta do contingente
mínimo de estudantes para a formação de uma turma no curso de Letras Inglês na Universidade
Metodista, durante esse tempo ele participava do processo seletivo sendo aprovado nas três
tentativas, e realizando a matriculava na esperança de formar turma.

De maneira tal, buscando novas alternativas, encontrou a prestigiada Fundação Santander, que oferecia o curso com um custo mensal levando-o a trabalhar na Drogaria São Paulo durante a noite.

Somado a isso, Kal também enriqueceu sua formação através de estágios durante a graduação, trabalhando na
Escola Guilherme Miller, demonstrando, assim, sua versatilidade e determinação em conciliar
estudo e trabalho e custear a mensalidade do almejado curso de letras-inglês.

Sua jornada acadêmica foi marcada por contribuições significativas para o cenário
educacional e literário.

Onde participou ativamente da exposição do renomado escritor Pedro
Bandeira, promovida pela Fundação Santander, ali dedicou-se fervorosamente durante seis
meses.

Além disso, colaborou e publicou quatro livros, destacando-se “Da Prática de Ensino ao
Trabalho com Gêneros: Uma Proposta para Produção de Textos em Sala de Aula” (2010) pela
editora Porto de Ideias, organizado por José Marinho do Nascimento.

Sua dedicação também se reflete em obras como “Leitura como Ofício – Coleção de
Exercícios de Leitura, Interpretação e Comunicação” (2011) pela editora Porto de Ideias,
organizado por Irene Scótolo, e “Zoloft” (2011), também pela editora Porto de Ideias, em
colaboração com seus colegas de pós-graduação.

Ainda sua pós-graduação em Letras, co-publicou o livro “Linguagens: Interfaces com a Língua, a Literatura e a Cultura” (2013) pela editora Libertas, juntamente com outros alunos e docentes.

Em meados de julho de 2011, Kal retorna a Pernambuco e inicia sua jornada como docente em Vitória e no ano seguinte, em 2012, Paralelamente ao seu trabalho como educador, retoma sua trajetória acadêmica realizando uma
pós-graduação na UNIVISA, e assim aprimorando ainda mais seus conhecimentos e habilidades
no campo das letras e da educação.

Em busca de novas oportunidades, neste mesmo ano leciona no Tradição Colégio e
Curso atual Diogo de Braga, em Vitória de Santo Antão, onde dedicou sua expertise até 2015.

Em 2015, Kal fundou um curso de redação na Rua do Borges, nº 271, intitulado por KP em
Vitória de Santo Antão, atendendo de segunda a sexta-feira, no período da tarde e noite, uma
média de 60 alunos por turma.

Esses estudantes vinham das mais variadas regiões, como Orobó,
Paraíba, Pombos, Glória e Gravatá.

Estas cidades não ofereciam transporte público para o
Recife, além do custo elevado da mensalidade dos cursinhos, impossibilitando, com isso, o
ingresso desses alunos em aulas regulares de redação.

Dessa forma, Vitória de Santo Antão, com sua localização estratégica e as vagas
disponíveis no curso KP, tornou-se uma opção viável para esses estudantes, proporcionando-lhes
uma oportunidade de desenvolver suas habilidades de redação e preparar-se para exames
importantes como o ENEM e concursos públicos.

O resultado das notas do curso comprovam o êxito de seu método pedagógico, estima-se
que mais de 44 alunos tenham atingido entre 900 e 980 pontos no ENEM daquele ano, um feito
notável considerando que apenas 0,5% dos 6,1 milhões de inscritos obtiveram êxito nessa
pontuação.

O curso de Kal teve um impacto notável nas notas do ENEM. Em 2018, uma média
de 136 alunos alcançaram pontuações acima de 900 na redação, enquanto apenas 2% dos
inscritos conseguiram esse feito. A proficiência média nacional foi de 522,8.

No ano seguinte, em 2019, aproximadamente 200 alunos atingiram essa marca, com a
proficiência média nacional sendo de 508,0.

Vale salientar que, desde a abertura do curso, centenas de alunos conseguiram mais de 700 pontos no ENEM durante toda sua atividade, destacando o sucesso das medidas implementadas por Kal.

Esses dados são fornecidos pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Anísio Teixeira (INEP) e pelas publicações das notas dos estudantes nas redes sociais do curso.

Ademais, em adição ao preparatório para o ENEM,Kal também iniciou turmas nos mais variados concursos públicos contribuindo com a aprovação de diversos alunos que chegaram a atingir a nota máxima em redação, bem como
preparou estudantes para as provas das universidades particulares e UPE.

Somado a isso, em 8 de agosto de 2015, Kal Prado demonstrou seu compromisso social ao
aderir ao movimento Força Weverton, em apoio a um jovem vitoriense que necessitava de um
transplante de intestino.

Na ocasião, ele organizou sessões do filme “Narradores de Javé”,
vendendo ingressos a 5 reais, e todo o dinheiro arrecadado foi destinado à causa. A partir de
2018, para atender à crescente demanda, o curso migrou para o endereço na Rua Eurico Valois,
nº 135, Centro de Vitória, passando a atender uma média de mais de 600 alunos por mês.

Além disso, dentre suas atividades, anualmente, mais de 32 alunos foram premiados com livros em
concursos de introdução à redação.

Nesse mesmo ano, o professor do curso de redação implementou medidas inclusivas, como a contratação da
tradutora em libras e especialista em educação especial e inclusiva formada na UNIFACOL,
Nadadja Kellyta Ferreira de Lima, que desempenhou um papel fundamental no curso até 2020,
quando a pandemia exigiu o isolamento social.

Durante seu período de atividade, o curso acolheu alunos com diversas condições, incluindo surdez, síndrome de Down, autismo, fobia social, entre outros. Esses alunos receberam apoio e foram capacitados para ingressar na
universidade.

Convém, em suma, ressaltar que, de acordo com dados do Instituto Brasileiro de
Geografia e Estatística (IBGE), no ano de 2022 apenas 19,5% das pessoas com deficiência
concluíram o ensino médio ou chegaram ao ensino superior sendo a falta de estrutura nos locais
educacionais listada como sendo umas das causas principais.

Ainda, vale salientar que ele viabilizou o ingresso de alunos por meio de bolsas de
estudo, tanto parciais quanto integrais, e realizou campanhas voltadas para os estudantes da rede
pública de ensino, oferecendo um total de mais de 200 bolsas nos períodos de 2018 a 2020 e
2022 a 2024 por meio da realização de uma prova, a seletiva foi separada pelas modalidades
estudantes da rede pública, privada e veteranos as inscrições para as provas eram feitas mediante a
doação de meio quilo de alimento ou um livro, que foram destinados a instituições de caridade.

Além disso, foram oferecidos diversos descontos e bolsas para além desse tipo de ingresso, entre
conversas com os pais dos alunos e convites aos estudantes feitos pelo próprio,
demonstrando, dessa forma, o compromisso do curso com a inclusão e a democratização do
acesso à educação.

Durante os anos de funcionamento do curso, foram abordados cerca de 32
temas de redação por ano, oferecendo aos alunos uma ampla gama de tópicos para
desenvolverem suas habilidades de escrita, como também, diversos estudantes foram premiados
com livros em concursos de redação, incentivando o hábito da leitura e o aprimoramento da
escrita.

O curso também incentivou a cultura, oferecendo o empréstimo de livros de sua
biblioteca e contando com a participação de Joyce Allane, que iniciou sua carreira com a dupla
LuaMarte, à época Kal durante suas aulas divulgava as músicas da dupla e ofertava ingressos para
os alunos do curso, contribuindo para a criatividade e valorizando artistas locais.

Além disso, o curso promoveu ações de responsabilidade social, como o incentivo à doação para causas sociais,
apoio ao teatro, inclusão social e arrecadação de alimentos não perecíveis.

Essas iniciativas tiveram um impacto significativo na cidade de Vitória de Santo Antão,
o curso para além disso gerou diversos empregos contratando monitores, secretárias e
professores, fortalecendo, assim, os laços comunitários.

Apesar do hiato da modalidade presencial em 2020, devido à emergência da pandemia do COVID-19, o curso continuou a ser lembrado e celebrado por seus alunos.

Após os resultados do ENEM daquele ano, os estudantes prestaram uma homenagem à contribuição do professor, compartilhando um vídeo emocionante que pode ser encontrado no YouTube, no canal da aluna Thaís Ariadne.

Essa homenagem reflete o impacto duradouro e positivo que o curso teve na vida de seus alunos e na
comunidade em geral.

Atualmente, Kal Prado prossegue sua trajetória de especialização, dedicando-se ao mestrado na
UNICAP, e na produção de mais dois livros, ao mesmo tempo em que continua a promover
iniciativas transformadoras para seus alunos.

ASCOM

ASCOM

Assessoria de comunicação do Vereador de Vitória de Santo Antão, André Carvalho.

Posts Mais Recentes