Prefeito de Vitória-PE anuncia novas obras, mas ignora outras em atraso.

Veja uma lista com as obras atrasadas em Vitória de Santo Antão. O dinheiro público é coisa séria e você vai aprender como fiscalizá-lo também.

compartilhe

O vereador André Carvalho realizou uma fiscalização nas obras da Prefeitura de Vitória de Santo Antão e percebeu que o Prefeito determinou ordem de serviço para novas construções. Poré, o que parece bom num primeiro momento se revela curioso pois, ao mesmo tempo, boa parte dos cidadãos estão a cobrar continuidade de outras obras em estado de atraso.

Esse comportamento da Prefeitura precisa ser observado de perto, uma vez que as construções civis são realizadas com dinheiro público, desde seu projeto até o último tijolo empilhado. Algumas das obras anunciadas não possuem placas informando o valor, prazo e  nem a empresa contratada para realizar  serviço.

Ignorando atrasos de obras antigas, Prefeitura anuncia mais uma.

Recentemente, no dia 31 de março de 2023, o Prefeito assinou mais uma Ordem de Serviço. Dessa vez, a canetada determinou a reforma e ampliação da Base do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU). A unidade fica localizada nas margens da Avenida Henrique de Holanda e da área Urbana da PE-45.

Essa reforma é necessária e deve beneficiar a população, mas a pergunta que fica é: e as obras atrasadas? O movimento correto não seria concluir os projetos que já foram iniciados ao invés de abrir várias novas construções pela cidade?

Em seu Instagram, o Prefeito divulgou essa notícia através de uma publicação onde uma moradora do Loteamento Luiz Gonzaga se manifesta através dos comentários e  pergunta em que momento será concluída a Unidade de Saúde que começou a ser construída na região. A mesma não foi respondida. Nem  ela e nem a boa parcela de vitorienses que aguardam a conclusão das obras em seu bairro.

Print de postagem do Instagram do Prefeito Paulo Roberto onde moradora cobra conclusão da obra de UBS em Luiz Gonzaga
A foto e nome do perfil dos usuários foi coberta em respeito à privacidade dos mesmos.

Outro problema que vem sendo notado no governo Paulo Roberto é o foco de recursos no centro da cidade. O que é negativo, pois acaba acentuando o contraste social com aqueles vitorienses que ocupam as periferias da cidade e os bairros que são distantes da região central.

André Carvalho tem realizado uma série de visitas nesses bairros, afim de conversar com os moradores e entender como eles estão avaliando as ações da Prefeitura até agora e, na maior parte dos depoimentos, prevalece a sensação de que os bairros estão sendo deixados de lado no planejamento do Prefeito.

Lista das obras inacabadas em Vitória de Santo Antão

Obra atrasada na praça do fórum no bairro da Matriz em Vitória de Santo Antão

Praça do Fórum

Desde a data em que o início das intervenções foi anunciada já se contam 618 dias sem a conclusão total das intervenções prometidas na Avenida Silva Jardim e na praça Severino Ferrer de Morais, mais conhecida como Praça do Fórum.  Exatamente em 2 de setembro de 2021 o portal de notícias da Prefeitura da Vitória divulgou uma notícia informando o início do serviço no local.

A imagem acima descreve a situação atual e, como vemos, não apresentam um resultado concluído. A proposta da intervenção no local tem por finalidade proporcionar melhorias na organização do trânsito. Essa iniciativa partiu da Agência Municipal de Trânsito e Transporte Coletivo (AGTRAN) em parceria com a Secretaria de Infraestrutura e Controle Urbano da Prefeitura da Vitória-PE.

Na imagem, uma obra atrasada na estrada de Natuba
Estrada de Natuba

Desde a data de início das obras já fazem 541 dias da não entrega total do serviço prometido à população. De acordo com informações apuradas no contrato entra a Prefeitura e a empresa responsável a finalidade da empreitada é a “execução de serviço de pavimentação, drenagem e iluminação na estrada de Natuba à BR 232, quilômetro 49, com pedras graníticas, com emprego de meio fio pré-moldado, bueiros, rede de drenagem pluvial e pavimentação”.

Toda ação pública realizada no município gera um custo e ele é repassado de alguma forma para o bolso do cidadão. Por isso, é importante que vereadores cumpram seu papel de fiscalizar o uso do dinheiro público. Para você ter uma noção, o prazo de entrega que consta no contrato é de 180 dias mas, como é possível ver na imagem, a situação atual demonstra que ainda não foi concluída.

Na imagem, obra da Creche do Lídia atrasada

Creche do Lídia Queiroz

A ordem de serviço foi dada em 24 de dezembro de 2021 e, desde então, já se passaram 474 dias sem que a obra da Creche do Lídia Queiroz seja entregue aos moradores. A informação que consta na placa da empreitada é de que em 24 de maio de 2021 a comunidade já estaria sendo contemplada com a finalização.

Segundo informações apuradas no contrato assinado entre a Prefeitura da Vitória e a empresa responsável pela execução, o custo da obra está orçado em mais de 4 milhões de reais: 4.418.463,90. A situação atual da obra aparenta uma imagem de conclusão, contudo, o espaço não está com seu funcionamento ativo.

Enquanto isso, a população continua precisando do serviço que foi prometido. É importante lembrar da realidade de mães e pais que precisam trabalhar e não tem com quem deixar o filho, porque a creche é ponto fundamental para diminuir esse problema.

Na imagem, o terreno derrubado pela Prefeitura onde antes era localizado o Hospital Geral

Hospital Geral

O antigo Hospital Geral, localizado próximo à praça 3 de Agosto no bairro do Livramento, foi demolido. No dia 15 de janeiro desse ano o  atual prefeito da Vitória gravou uma live em frente ao terreno onde ele explica a finalidade do novo projeto a ser realizado. Já se passaram 456 dias desde a derrubada do hospital e o espaço segue sendo usado como um estacionamento.

Segundo o próprio Prefeito, o prédio foi demolido por motivo de instabilidade em sua estrutura. Ao seu lado, o secretário de Serviços Públicos Albino Andrade confirma o argumento: “alto risco de demolição”.

Contudo, não foram apresentadas informações técnicas com provas factíveis a respeito desse risco, como também está em falta as informações relacionadas ao projeto futuro. O que se sabe é aquilo que foi informado pelo Prefeito em sua live.

Ele usa a expressão  centro administrativo para descrever a intenção da nova construção. A ideia é unir a maior parte das secretarias da cidade em um só lugar afim de que o cidadão consiga localizá-las com facilidade. No local será construído um novo prédio para a Secretaria de Educação e para a Secretaria da Fazenda do Estado de Pernambuco.

“Aqueles que realmente são contrários, você quando começa a fazer a demolição eles já pedem a obra. Eu quero avisar a vocês que isso não é só no papel”. Disse o Prefeito a respeito da falta de informações concretas sobre o projeto. É importante lembrarmos que cobrar esclarecimentos sobre obras públicas é um direito do cidadão e um dever dos gestores fazer com que esses dados sejam o  ais transparente possível.

Na imagem, terreno baldio localizado na rua Primitivo de Miranda Vitória de Santo Antão onde a Prefeitura promete realizar uma obra que ainda não tem placa com informações do projeto.

Primitivo de Miranda

Mais uma obra anunciada pela Prefeitura sem placa ou informações com prazo de entrega do serviço. Já se passaram 424 dias desde a publicação postada pelo Prefeito em seu Instagram anunciando a ampliação do Pátio da Feira na Primitivo e Miranda.

A publicação não contextualiza a população com informações sobre o projeto ou como a ideia será realizada na prática. O espaço onde se pretende realizar a obra já está demolido, mas não conta com placas que prestem esclarecimentos sobre o que será feito, valores e prazos.

Acompanhe mais obras atrasadas em Vitória-PE

Precisamos nos conscientizar de que a informação de serviços públicos é importante . Assim conseguimos acompanhar o trabalho dos órgãos que trabalham a serviço do povo e fazer com que eles administrem bem o dinheiro arrecadado no Município.  Fique de olho em outras obras atrasadas na cidade:

Na imagem, obra atrasada na ponte do bairro de Militrina

  • Ponte de Militina:  Há 355 dias sem conclusão; Valor: 3,691,191.16;

Na imagem, obra abandonada no Posto do bairro Doutor Alvinho

  • Posto no Bairro de Doutor Alvinho: há 279 dias sem conclusão. Valor: 491, 798, 11 reais.

Na imagem, obra atrasada no posto de saúde do bairro Caiçara em Vitória de Santo Antão

  • Posto no bairro Caiçara: há 277 dias sem conclusão;

Na imagem, obra atrasada onde foi prometido uma praça no bairro Redenção

Praça de Redenção: há 264 dias sem conclusão; Prazo de 180 dias; Valor: 546.333,64 reais.

  • Praça do bairro Lídia Queiroz: há 238 dias sem conclusão; Prazo: 3 meses; Valor: 68.220,12 (empenho).

Na imagem, vereador André Carvalho gravando vídeo na frente do posto no Loteamento Luiz Gonzaga. Uma obra está em atraso na unidade de saúde

  • Posto de Luiz Gonzaga: há 195 dias sem conclusão; Valor: 250.684,35.

Na imagem, placas informativas sobre uma obra que está sendo realizada na região do Cedro em Vitória de Santo Antão

  • Parque Ecológico Cedro: há 148 dias sem conclusão; Valor: 5.737.562,99.

Na imagem, obra de escola em Cacimba em Vitória de Santo Antão

  • Escola de Cacimbas: há 131 dias sem conclusão; Valor: 958.892,04;

Na imagem, terreno conhecido como praça de Gena em Vitória de Santo Antão. A construção que existia no lugar foi derrubada para início de uma obra da prefeitura.

  • Praça do Bar de Gena: há 98 dias sem informação de início de obras ou mais informações.

Na imagem, obra sendo executada na Rua dos Borges em Vitória de Santo Antão

  • Principal dos Borges: há 72 dias sem placa ou informações a respeito de valor, prazo etc.

Na imagem, Praça da Rua Amarela no bairro Matriz em Vitória de Santo Antão foi vedada para início de obra

  • Praça da Rua Amarela: há 70 dias a praça está fechada e até agora nenhuma informação sobre a futura obra.

Na imagem, obra do estádio Carneirão atrasada

  • Carneirão: há 542 dias sem conclusão;

 

Na imagem, página inicial do Portal da Transparência

Como se informar sobre as obras públicas?

A população precisa saber os detalhes das obras que estão sendo construídas com o dinheiro público. Uma característica importante para todo mandato político é a transparência de seus atos e projetos. Garantir que a cidade esteja bem informada demonstra que o Governo é honesto, porém, na situação contrária é essencial ficar atento e fiscalizar as ações realizadas pelo órgão público.

Uma das ferramentas que ajuda o cidadão a realizar uma ação fiscalizadora é o Portal da Transparência: site onde se concentram informações de serviços públicos que são realizados com dinheiro arrecadado pela população.

No caso de obras públicas o Portal deve informar com transparência e organização todos os detalhes que envolve a empreitada: Data de início, prazo, valor e a empresa contratada para realização.

Precisamos conscientizar o maior número de pessoas sobre a necessidade de estar inteirado do assunto “política”, pois ele rodeia todos os aspectos da nossa vida: moradia, pavimentação das ruas, alimentação, acesso à educação, direito de casamento com a pessoa que se ama entre muitas outras coisas. Por isso a participação popular é tão primordial: a política somos nós quem construímos. Fique atento.

ASCOM

ASCOM

Assessoria de comunicação do Vereador de Vitória de Santo Antão, André Carvalho.

Posts Mais Recentes