Vitória de Santo Antão está entre as 5 cidades mais violentas de Pernambuco

Vitória de Santo Antão está entre as 5 cidades mais violentas de Pernambuco

compartilhe

De acordo com o portal de notícias G1, Vitória de Santo Antão aparece entre as 5 cidades mais violentas de Pernambuco. Leia a matéria e veja quais são as outras cidades que precisam redobrar a segurança em nosso estado.

Nesta quinta-feira (20), foi divulgada a 17ª edição do Anuário Brasileiro de Segurança Pública, que aponta um cenário preocupante para Pernambuco.

O estado registrou 3.423 mortes violentas em 2022, interrompendo uma sequência de quatro anos de redução no número de homicídios.

O Anuário analisou a taxa de Mortes Violentas Intencionais (MVI) em cidades com mais de 100 mil habitantes, e Pernambuco tem um alto índice nesse quesito. Cinco das 50 cidades mais violentas do Brasil estão no estado.

O município de Cabo de Santo Agostinho ocupa a quinta posição no ranking nacional, apresentando uma taxa alarmante de 81,2 homicídios para cada 100 mil habitantes.

Outras quatro cidades pernambucanas também aparecem na lista: Vitória de Santo Antão, com uma taxa de 51,5; São Lourenço da Mata, com 50,3; Garanhuns, com 44,9; e Jaboatão dos Guararapes, com 44,6 homicídios por 100 mil habitantes.

A taxa média de mortes violentas por 100 mil habitantes no Brasil foi de 23,4, enquanto Pernambuco apresentou uma taxa de 37,8, sendo a quinta maior do país e a terceira maior do Nordeste.

Esses números chamam a atenção para a necessidade de atenção urgente ao problema da violência no estado.

Em 2022, Pernambuco também se destacou negativamente no investimento em segurança pública. O estado teve um dos menores gastos per capita nessa área, destinando em média apenas R$ 334,09 para a segurança de cada morador. Esse valor é o quarto menor investimento do país.

Em contraste, o Amapá liderou os gastos por habitante, investindo cerca de R$ 1.236,64, quase quatro vezes mais que Pernambuco.

Pernambuco precisa de mais investimento em segurança

O Anuário Brasileiro de Segurança Pública também trouxe dados alarmantes sobre a violência contra a população LGBTQIA+ em Pernambuco. O estado registrou o maior número absoluto de casos de lesão corporal e estupro entre os estados que coletaram informações específicas sobre essa população em 2022.

Além disso, Pernambuco teve o segundo maior número de assassinatos de pessoas LGBTQIA+, com 30 casos, ficando atrás apenas do Ceará, que registrou 32 homicídios.

Por outro lado, o levantamento mostrou uma redução significativa no número de adolescentes cumprindo medidas socioeducativas em regime fechado em Pernambuco desde 2018. Em 2022, o estado tinha 691 meninos e 24 meninas nessa situação, enquanto em 2018 esses números eram de 1.446 e 51, respectivamente.

O Anuário Brasileiro de Segurança Pública baseia-se em informações fornecidas pelas secretarias de segurança pública estaduais, Polícia Civil, Polícia Militar, Polícia Federal e outras fontes oficiais, incluindo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Os dados ressaltam a necessidade de políticas públicas efetivas para combater a violência e garantir a segurança de todos os cidadãos pernambucanos.

As informações do texto foram retiradas do portal de notícias G1.

De acordo com reportagem da Tv Pernambuco, o Estado foi abastecido com a chegada de 100 novas viaturas e equipamentos para a polícia militar.

A entrega dos equipamentos foi realizada no Palácio do Campo das Princesas, que é a sede do Governo Estadual. Além das viaturas, 7.000 coletes à prova de balas para reforço da segurança.

A Governadora Raquel Lira deu algumas palavras à Tv Pernambuco e afirmou que ” a nossa primeira medida foi garantir equipamentos com que os policiais possam trabalhar com mais segurança e mais eficiência”.

Em agosto chegam as 600 viaturas. Em dezembro deve chegar mais de 1.100. O que completa mais de um terço das viaturas das forças operacionais

O Coronel Tibério César afirmou que nesse primeiro momento as 100 viaturas serão destinadas à capital. Que, segundo ele, é quem está realizando os maiores enfrentamentos da criminalidade.

Mas até o final de agosto o Agreste, Zona da Mata e o Sertão estarão renovando sua frota. Agora precisamos ficar atentos para essas informações.

Devemos cobrar por mais segurança em nosso Estado e ficar de olho no que está sendo feito para que esse direito seja garantido. Vitória de Santo Antão está na lista das cidades mais violentas de Pernambuco.

Isso é preocupante! Precisamos, também, de uma atenção maior por parte da prefeitura. A segurança precisa ser para todos.

André Carvalho

André Carvalho

Vereador mais votado do PDT em Pernambuco e militante do PND. Realiza um trabalho de fiscalização e transparência em Vitória de Santo Antão- PE.

Posts Mais Recentes